2018 é o ano para se investir em imóveis

Já há alguns meses, a gente vem mostrando aqui que 2018 é o ano para se investir em imóveis! O cenário começou a se mostrar favorável já no primeiro quadrimestre do ano, quando o Banco Central divulgou a redução da taxa Selic, chegando a 6,50%, o menor patamar dos últimos 20 anos. Depois disso, como num efeito cascata, vieram outras boas notícias, com a Caixa Econômica Federal anunciando medidas que tornaram o financiamento algo mais atrativo, como por exemplo, o aumento em 10% o valor para o financiamento de imóveis usados, passando de 70% para 80%. Logo em seguida, quando muita gente ainda comemorava esses incentivos do governo federal, a Prefeitura de Ponta Grossa reduziu a alíquota do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) em 50%, passando de 2% para 1%, valendo até o dia 31 de dezembro.

E para encerrar o ano de bons negócios, a Conceito Imóveis traz mais uma vantagem ao comprador. Aproveitando a tradicional Black Friday, oportunidade para os consumidores adquirirem produtos desejados a preços mais baixos, a Conceito lança a sua Black Week, uma semana de boas ofertas na compra e locação de imóveis. De 23 a 30 de novembro, quem passar pela Conceito Imóveis encontrará descontos de até R$ 80 mil na venda de imóveis e bons descontos no valor da locação de imóveis. Para a locação de imóveis, o desconto durará três meses.

Entre os imóveis que terão descontos na venda, está um apartamento novo no edifício Rio Sena, de 150 metros quadrados, com três quartos, no centro de Ponta Grossa, próximo à Biblioteca Municipal. Hoje, o valor de venda dele é R$ 450 mil, mas na Black Week da Conceito Imóveis estará por R$ 399 mil. Outras oportunidades semelhantes, você pode ver no site da Conceito Imóveis (conceitoimoveispg.com.br) ou conferir os descontos na imobiliária, na rua Dr. Francisco Ribas, 304. “Definitivamente, para Ponta Grossa, 2018 é o ano para se comprar imóveis. Esse é um investimento seguro, rentável e vem oferecendo ótimas oportunidades”, avalia o diretor da Conceito, Maurício Antunes.

Deixe uma resposta