6 dicas preciosas para comprar seu primeiro imóvel

Comprar seu primeiro imóvel, que momento tão sonhado não é mesmo? 

Você já começa a imaginar como vai ser cada cantinho da sua casa, tudo decorado do seu jeito e com a sua cara. Já imagina como vai ser poder reunir a família e os amigos para aquele almoço de domingo…

Mas antes de tudo isso, você precisa escolher em qual imóvel vai realizar todos esses sonhos, e essa tarefa nem sempre é das mais fáceis. São muitos detalhes até tudo realmente se concretizar, e devemos estar atentos à todos eles, afinal, é um momento cheio de emoções, mas não podemos esquecer de fazer uma escolha racional e que se encaixe em nosso estilo de vida. E para te ajudar nessa missão, separamos algumas dicas preciosas para você levar em conta no momento da compra do seu imóvel. 

1. Escolha o tipo de imóvel

Casa ou apartamento? Na planta ou usado? São escolhas que podem parecer simples, mas que na verdade, devem ser minimamente pensadas. 

Se você vai morar sozinho, fica muito tempo fora de casa e não quer ter muito trabalho com quintal, por exemplo, um apartamento é ideal para você; afinal, te proporciona toda a praticidade e segurança que sua vida precisa. Agora, se sua família é grande, você tem pets que precisam de espaço para brincar com as crianças e por isso um quintal seria perfeito, com certeza é bom pensar em escolher uma casa. Assim você tem espaço de sobra e evita estresse com as crianças jogando bola no meio da sala. 

E falando em crianças, a mudança é urgente, pois a família cresceu? Então vale a pena priorizar a compra de um imóvel que já está pronto para morar, afinal, você não quer esquentar a cabeça com reformas tão cedo.

Já se o plano da casa própria pode esperar um pouquinho, vale a pena dar uma olhadinha em imóveis que ainda estão na planta, pois normalmente o valor é menor e você ainda pode ajustar diversos detalhes à seu gosto.

2. Estilo de imóvel escolhido, mas e onde ele fica localizado?     

Outro fator importantíssimo na hora de escolher seu primeiro imóvel, é a sua localização. Para escolher os bairros de sua preferência, leve em conta fatores como: a praticidade, afinal, morar próximo ao seu trabalho, a faculdade ou a escola das crianças vai fazer com que você economize muito tempo no seu dia a dia; observe também se a região conta com serviços essenciais, como mercados, farmácias, academias… assim você não precisa se deslocar até outro bairro para realizar atividades rotineiras; também é essencial ficar atento à segurança do local, você pode fazer isso conversando com a vizinhança e observando a região em diferentes horários. A união de todos esses fatores te proporciona a escolha do local ideal para seu estilo de vida. 

3. Analise suas finanças 

Para filtrar os imóveis que você deseja conhecer mais de perto, além dos itens anteriores, você deve sempre observar o valor do bem. Antes de agendar suas visitas, analise todas as suas condições de compra, priorizando pontos como: qual seu limite de crédito disponível, se as parcelas mensais cabem no seu orçamento sem sufocar outras contas  e se o valor do imóvel é condizente com as condições que ele apresenta. Assim, você evita perder tempo com imóveis que não atendem todas as suas necessidades.

4. Tenha olhos de investidor e procure com calma

Saber quando comprar – ou vender – não é tão fácil quanto pode parecer. Vale lembrar que como qualquer outro, o mercado imobiliário vive de altos e baixos. Procure analisar esses momento e lembre-se que o ideal é “comprar na baixa e vender na alta” assim, você maximiza as vantagens dessa transação. Por isso, tenha calma no momento desta escolha. Analise o máximo de possibilidades que conseguir, assim você garante a melhor e mais vantajosa opção.

5. Não fique com dúvidas

Não tenha medo de admitir que você não sabe tudo, afinal, esse é o seu primeiro imóvel. É completamente normal que apareçam dúvidas acerca de vários pontos, como a transação do bem, os impostos que você precisará pagar, quais documentos vai precisar… Por isso, sempre que precisar, questione. Assim, você não corre o risco de acabar fazendo algo errado e ter dor de cabeça por isso.

6. Procure uma boa assessoria

Essa dica tem tudo a ver com o item anterior e talvez seja uma das mais importantes. Lembre-se que o mercado imobiliário tem suas complexidades, o que muitas vezes torna quase impossível realizar a compra de sua casa sozinho. Por isso, conte com assessoria especializada no assunto, como um bom corretor. Ele vai te auxiliar em todos os detalhes, desde a escolha do imóvel, se baseando nas características que são importantes para você, até o momento da compra efetiva e da transferência do bem; assim, você tem certeza que está fazendo tudo certinho e que não vai ter problemas futuros.

Em resumo, a palavra chave para sua compra é PLANEJAMENTO. Assim, o sonho da casa própria se realiza sem problemas e você pode aproveitar essa nova fase de sua vida com muita tranquilidade.

 E se você está pensando em comprar seu primeiro imóvel, conte com a Conceito para realizar esse sonho. Nossos corretores estão prontos para te atender e te auxiliar nesse momento tão especial. 

Deixe uma resposta