Casa Verde e Amarela X Minha Casa Minha Vida: o que muda?

Você com certeza já deve ter ouvido a falar sobre o programa de financiamento habitacional conhecido como Minha Casa Minha Vida, não é mesmo? Mas o que você talvez não saiba é que agora é possível contar também com outro programa com o mesmo objetivo, o Casa Verde e Amarela.

Mas afinal de contas, quem tem direito ao financiamento oferecido por esse programa? Como ele funciona? Quais são as taxas de juros aplicadas? Essas e outras dúvidas nós respondemos no post de hoje da Conceito Imóveis. Boa leitura!

De forma geral, o novo programa habitacional criado pelo governo tem como objetivo principal atender famílias que pertencem ao chamado ‘grupo 3’, ou seja, aquelas que possuem renda mensal que vai de R$4 mil a R$7 mil. Para essas, a taxa de juros praticada ao ano será de 7,16%, sem distinção entre as regiões Norte e Nordeste e o restante do país.

Já para o ‘grupo 2, que diz respeito a famílias com renda mensal entre R$2 e R$4 mil, as taxas de juro partem de 4,75% ao ano para Norte e Nordeste, e 5% para as demais regiões. No ‘grupo 1’, que atenderá famílias com renda mensal de até R$2 mil, a taxa de juros ficou definida a partir de 4,25% ao ano para Norte e Nordeste, e 4,5% para o resto do Brasil.

Casa Verde e Amarela X Minha Casa Minha Vida: o que muda?

Quem já fez algum financiamento pelo programa ou até mesmo conhece um pouco mais sobre ele, sabe que o Minha Casa Minha Vida é composto por faixas. Cenário que será diferente para o Casa Verde e Amarela.

De acordo com Helder Melillo, diretor do Departamento de Produção Habitacional, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDS), famílias que fizerem parte do grupo 1 poderão ser atendidas com o financiamento habitacional, de juros reduzidos, com uma unidade subsidiada, assim como acontecia no Minha Casa Minha Vida, ou ainda com a regularização fundiária e pequenas reformas.

Minha Casa Minha Vida

Faixa 1 – renda de até R$1,8 mil

Benefício: prestações que variam entre R$80 a R$270, de acordo com a renda, sendo que o subsídio pode chegar até a 95% do valor total do imóvel.

Faixa1,5 – renda de até R$2,6 mil

Benefício: financiamento com taxa de juros a partir de 4,5% ao ano, sendo que o subsídio pode ser de até R$47,5 mil no valor do imóvel.

Faixa 2 – renda de até R$4 mil

Benefício: financiamento com taxa de juros de 5% a 7% ao ano, sendo que o subsídio pode chegar até R$29 mil no valor do imóvel.

Faixa 3 – renda de até R$7 mil

Benefício: financiamento com taxa de juros de até 8,16% ao ano.

Casa Verde e Amarela

Grupo 1 – renda de até R$ 2 mil

Benefício: imóvel subsidiado (governo não detalhou o valor do subsídio), acessar financiamento com juros reduzidos (a partir de 4,25% ao ano para Norte e Nordeste e a partir de 4,5% ao ano para demais regiões), fazer regularização fundiária e reformas no imóvel.

Grupo 2 – renda entre R$ 2 mil e R$ 4 mil

Benefício: financiamento com taxas um pouco maiores que do grupo 1 (a partir de 4,75% ao ano para Norte e Nordeste e de 5% para outras regiões). Grupo também pode acessar braço de regularização.

Grupo 3 – renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil

Benefício: financiamento com taxa mais alta do que a cobrada dos grupos 1 e 2 (a partir de 7,66% em todas as regiões). Grupo também pode acessar braço de regularização.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com um dos nossos corretores. Teremos prazer em te atender!

Deixe uma resposta